Close
  • Rua Rui Barbosa, 420 - Centro
  • Seg. à Sex. 8h às 18h

Velório de Maguito é marcado por intensa comoção; enterro acontece em Jataí

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Sepultamento ocorre na manhã desta quinta-feira (14 de janeiro), às 9h, no Cemitério São Miguel, em Jataí

 

Terminou, por volta das 21h desta quarta-feira (13 de janeiro), o velório do prefeito licenciado de Goiânia, Maguito Vilela (MDB). A cerimônia foi realizada na parte externa do Palácio das Esmeraldas, em Goiânia, e foi marcada por choro e palavras de conforto aos amigos e familiares do gestor. Os populares puderam se despedir do emedebista por um sistema de drive-thru, sem descer do carro. O sepultamento ocorrerá na manhã desta quinta-feira (14 de janeiro), às 9h, no Cemitério São Miguel, em Jataí.

 

Autoridades políticas, como o governador e vice, Ronaldo Caiado (DEM) e Lincoln Tejota (Cidadania), o prefeito de Aparecida, Gustavo Mendanha (MDB), e o prefeito de Goiânia, Rogério Cruz (Republicanos), além de deputados e vereadores, estiveram presentes no velório, assim como amigos e familiares de Maguito. A esposa de Maguito, Flávia Teles, e o filho dele, Daniel Vilela, presidente estadual do MDB, externavam grande tristeza na cerimônia.

 

 

“Fazemos a nossa despedida e encaminhamos a sua alma para os céus, na feliz certeza que o Senhor, que o chamou às 4h10 da manhã deste dia de hoje, há de acolher na Sua glória”, disse, para os presente, o padre que conduziu o velório.

 

Antes de ser levado ao Palácio, o corpo de Maguito foi transportado em um cortejo fúnebre pelo município de Aparecida de Goiânia, onde foi prefeito entre 2009 e 2016. Ele foi homenageado em frente à prefeitura. Em um dado momento do velório, o público presente teve acesso liberado ao caixão.

A morte de Maguito
O falecimento de Maguito Vilela, que foi confirmado na madrugada de hoje, provocou grande comoção dentro do meio político e fora dele. Dezenas de personalidades políticas, regionais e nacionais, manifestaram seu pesar diante da perda. O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM), chegou a decretar luto oficial na Casa de Leis.

 

O emedebista estava internado na UTI do Hospital Israelita Albert Einstein, em São Paulo, desde o dia 27 de outubro de 2020, devido a um quadro de covid-19. Seu tratamento foi marcado por altos e baixos, mas uma infecção pulmonar, agravada pela fragilidade do estado de saúde de Maguito, acabou piorando de vez sua condição.

 

A morte foi confirmada às 4h10 da manhã de hoje. O corpo chegou de São Paulo à tarde para o cortejo, que ocorreu em um carro aberto do Corpo de Bombeiros.

 

A morte de Maguito
O falecimento de Maguito Vilela, que foi confirmado na madrugada de hoje, provocou grande comoção dentro do meio político e fora dele. Dezenas de personalidades políticas, regionais e nacionais, manifestaram seu pesar diante da perda. O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM), chegou a decretar luto oficial na Casa de Leis.

 

O emedebista estava internado na UTI do Hospital Israelita Albert Einstein, em São Paulo, desde o dia 27 de outubro de 2020, devido a um quadro de covid-19. Seu tratamento foi marcado por altos e baixos, mas uma infecção pulmonar, agravada pela fragilidade do estado de saúde de Maguito, acabou piorando de vez sua condição.

 

A morte foi confirmada às 4h10 da manhã de hoje. O corpo chegou de São Paulo à tarde para o cortejo, que ocorreu em um carro aberto do Corpo de Bombeiros.

 

Luis Alberto Maguito Vilela foi vereador por Jataí, deputado estadual, deputado federal, vice e governador de Goiás, prefeito de Aparecida e de Goiânia.

por Mais Goiás – Foto: Jucimar de Sousa

admin

admin

Escreva o seu comentário!

Sobre Mim

Clique no botão de edição para alterar esse texto. Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Ut elit tellus, luctus nec ullamcorper mattis, pulvinar dapibus leo.

Novas Postagens

Siga nós